UOL Música

Universo Sertanejo

12/02/2010

Músicas sertanejas para o Carnaval

Como prometido, a lista das músicas sertanejas mais indicadas pelos nossos leitores para o Carnaval.

Por André Piunti às 19h16


Bastidores da gravação do CD de César Menotti e Fabiano

Como publicado aqui no começo da semana, a dupla César Menotti e Fabiano gravou, no último sábado, seu novo CD, ao vivo dentro do estúdio.

Um vídeo com os bastidores da gravação foi liberado ontem, e você pode conferí-lo logo abaixo.

Por André Piunti às 11h53


Um mês...

Fala, pessoal.

Ontem, fez um mês que o Universo Sertanejo estreou em nova casa.

Eu ainda continuo mexendo aqui e ali, trazendo de volta os posts antigos, os assinantes, mas tudo está indo como a gente planejou.

Os acessos triplicaram (vocês podem acompanhar isso ali ao lado esquerdo), as notícias tiveram uma repercussão muito maior, e o blog acabou ficando bem mais conhecido.

Outra notícia legal pra gente, é que o programa Universo Sertanejo foi o mais ouvido da RadioUOL, logo no seu mês de estreia (janeiro).

Muito gratificante, também, é ver que os leitores mais antigos compraram a ideia e estão sempre aqui comentando, discutindo e discordando, além dos email diários enviados com sugestões.

Tem mais novidades pela frente, das boas.

Que a gente continue crescendo, juntos, cada vez mais.

E aos que são novos, sintam-se à vontade, pois "nessa casa de matuto, é bem vindo quem chegar".

=)

Por André Piunti às 04h11


Gravadora veta livro de fã de Victor e Leo

Um garoto de 17 anos escreveu um livro intitulado "Deus e eu no sertão", e inseriu na história letras de quatro canções de Victor e Leo.

A liberação ou não da obra dependia da gravadora Sony Music, que acabou se decidindo por não liberar.

Os motivos e a explicação sobre o livro podem ser lidos AQUI, na matéria publicada pela Folha Online, ontem.

O Sarom, garoto em questão, é assíduo frequentador na comunidade da dupla no Orkut, além de leitor aqui do blog.

Por André Piunti às 03h48

11/02/2010

Qual a música sertaneja desse carnaval?

Apostei ontem, no programa de rádio, em duas músicas sertanejas para o carnaval.

Uma é "Se vira", do Latino com a Maria Cecília e Rodolfo, da qual eu escrevi aqui quando foi lançada. A outra, "Livre, leve e solto", da dupla Roger e Robson, da qual eu falo agora.

Em Barretos, no ano passado, eu publiquei uma pequena nota sobre a dupla, citada aqui recentemente, que havia realizado a primeira transmissão ao vivo de um show na internet. Creio que tenha sido a primeira dupla sertaneja a fazer isso.

Não estava na festa durante o show deles, conversei apenas por telefone, e fui conhecê-los pessoalmente só três meses depois, no cruzeiro do Jorge e Mateus, no qual eles se apresentaram (são meio que uma dupla "oficial" dos cruzeiros, só nesse mês, vão estar no do Corinthians e no do Zezé).

Para a minha surpresa, essa canção, "Livre, leve e solto", foi uma das mais tocadas do evento, justamente por trazer uma coreografia criada pela dupla. Imagine piscina, sol, bebida e coreografia. Pegou.

Aproveitei e fiz uma entrevista, para ter o que falar deles quando surgisse uma oportunidade, como costumo fazer com todas as duplas que conheço, e foi assim que eu soube que eles, no começo da carreira, revezavam as cantorias em um bar de São Paulo com Victor e Leo.

Depois que se passou o cruzeiro, a música começou a ser muito trabalhada nas rádios, eles aparaceram na TV nessas últimas semanas, e juntando com o apelo da canção, é que é fácil e tem aquele refrão bem pegajoso, toquei ontem no programa, apostando que deve ser uma música com destaque nesse carnaval.

A canção pode ser ouvida abaixo.

Por falar em carnaval e em música sertaneja, vocês poderiam dar sugestões de música sertanejas que prometem para o carnaval, né? Então eu pego algumas sugestões de vocês e publico aqui no sábado, o que acham?

É só comentar aí embaixo =)

Por André Piunti às 14h17


Programa Universo Sertanejo #5

Faaala, pessoal.

Ontem, no fim da tarde, entrou no ar a sexta edição do programa Universo Sertanejo, na RadioUOL.

Como não poderia deixar de ser, nosso programa foi dedicado ao querido Pena Branca. Abrimos (Cuitelinho) e fechamos (O cio da terra) a seleção musical com canções deles.

Além da homenagem, ainda há duas apostas minhas para o carnaval, aproveitando que a festa se aproxima, e músicas de Victor e Leo, Matogrosso e Mathias,  Di Paullo e Paulino, Edson e Hudson, entre outros.

Como novidade, deixo registrado aqui que o programa Universo Sertanejo foi o mais ouvido da RadioUOL em janeiro, logo no mês da nossa estreia.

Para ouvir o programa, basta clicar na imagem abaixo.

Por André Piunti às 00h22

10/02/2010

Rapidinhas...

-Délio

O cantor Délio, da dupla Délio e Delinha, faleceu na última segunda-feira, dia 8, em Campo Grande, em decorrência de um câncer no pulmão. Ao lado da prima Delinha, com quem já foi casado, formou uma das duplas mais importantes originárias do Mato Grosso do Sul, na década de 1960. José Pompeu, nome real do cantor, tinha 84 anos.

___

-Pena Branca e Xavantinho

A TV Cultura exibe, na noite de hoje, o programa "Ensaio" gravado com a dupla em 1991. A atração vai ao ar a partir das 23h. No domingo, Pena Branca será homenageado no "Viola, Minha Viola", também na cultura, às 21:30h

___

-Jorge e Mateus

A dupla participa, hoje, da final do programa "A Fazenda", da Record, a partir das 22:30.

___

-Luan Santana

Na semana passada, o cantor participou do Bate-Papo do UOL e reuniu 11 mil internautas, recorde entre artistas. No geral, Luan é o 3º maior bate-papo da história, atrás de Ronaldinho Gaúcho e da bandeirinha Ana Paula de Oliveira.

___

-Rapidinhas

As "Rapidinhas" voltaram na semana passada, e assim como nos dois últimos anos, foi a sessão mais republicada, além de lida pelos radialistas parceiros. É com essa intenção mesmo que a sessão é feita.

___

-Zezé di Camargo e Luciano

Ainda nesse mês de fevereiro, será lançado o livro "Dois corações e uma história', que narra a carreira da dupla Zezé di Camargo e Luciano. A obra foi produzida pela "Contigo!".

___

-Nativa FM

A rádio Nativa FM promoveu, na última segunda-feira, uma festa em Campinas-SP (minha cidade) para comemorar sua entrada na região. O evento aconteceu no bar "Seo Rosa", e contou com vários nomes da música sertaneja, como você pode conferir na foto abaixo.

___

-Pena Branca e Xavantinho II

Um dos vídeos mais interessantes da dupla na internet, é justamente sobre o programa "Ensaio", que será reapresentado hoje na TV Cultura. No vídeo abaixo, alguns bons trechos do programa.

Por André Piunti às 00h11

09/02/2010

Sertanejos falam sobre Pena Branca

Alguns artistas falaram ao blog sobre a perda de Pena Branca:

-Sérgio Reis

"O Pena que a gente via na TV, nos shows, era exatamente igual fora do palcos, em casa, com a gente. Ele era a raiz verdadeira, o caipira típico, o autêntico caboclo, no modo de falar, na simplicidade. E o Xavantinho era igualzinho.

Você repara... não dava pra pedir que ele pronunciasse "debulhar o trigo". Era "debuiá" mesmo, era o jeito dele. Depois do Tonico e Tinoco, nada foi mais importante que os dois.


E eu te pergunto: o que vai ser agora? Qual é o futuro dessa cultura, dessa música?


Tivemos uma amizade muito bonita, é uma perda muito grande.
"

___

-Chitãozinho

“Perdemos um grande representante da música sertaneja de raiz... Pena Branca era, além de excelente profissional, um ser humano exemplar, de bom caráter e que fazia a diferença.”

___


-César Menotti

"Eu tive a felicidade de estar pessoalmente com ele ano passado, em Belo Horizonte. Não sabia que ele me conhecia, foi uma felicidade muito grande pra mim.

Ele e o Xavantinho formaram uma dupla caipira na qual você via muito claramente a influência do Tonico e Tinoco. Era uma música pura, uma música de raiz mesmo.

Eles, com toda sua característica caipira, conseguiram elevar a música sertaneja a outro patamar. Gravaram Chico Buarque com Milton Nascimento, resgataram Patativa do Assaré.

São um dos nomes mais importantes da nossa música sertaneja."

___


-Daniel

"Eu tive a honra de conhecê-lo e ter amizade com ele, fiquei sabendo inclusive ontem à noite da morte dele, através do maestro Mario Campanha, que me disse também que ele estava numa fase muito boa da vida dele, programando se mudar pra Minas com a esposa.

Tive a honra de gravar uma canção com ele no primeiro CD do projeto Meu Reino Encantado a música “Cuitelinho”, tê-lo dentro do estúdio, a energia dele, uma autenticidade, foi um grande privilégio pra mim. A música sertaneja com certeza perde muito nessa data.

Outra canção que me lembra muito a dupla Pena Branca e Xavantinho é o  “Cio da terra."

___


-Victor e Leo, via site oficial

"A semente caipira, plantada com simplicidade e refinamento únicos por Pena Branca e Xavantinho, tem em si, uma árvore frutífera e eterna.

Em seus sorrisos e acordes, cantados e tocados, a união sempre foi luz que, agora, se acende em outro plano.

Obrigado Pena! Esteja em paz!

Nosso respeito e sentimento.
"

Por André Piunti às 16h26


Morre o cantor Pena Branca

Faleceu aos 70 anos, vítima de infarto, na noite dessa segunda-feira (8), José Ramiro Sobrinho, o Pena Branca, que por 37 anos formou dupla com seu irmão Xavantinho, falecido em 1999.

Pena Branca estava em sua casa, em São Paulo, ao lado da esposa, quando reclamou de dores no peito e caiu da cadeira. O cantor foi levado ao hospital São Luiz Gonzaga, no Jaçanã, mas não resistiu.

Ícones da música sertaneja de raiz, os irmãos apresentavam um contraste curioso: eram típicos caipiras, no comportamento simples e na forma de falar, mas sempre estiveram envolvidos com nomes importantes de um sertanejo mais poético, de Rolando Boldrin, por quem já foram produzidos, e de Renato Teixeira, com quem lançaram um CD ao vivo em 1992.

A música mais lembrada nesses próximos dias, provavelmente será "O cio da terra", composta por Chico Buarque e Milton Nascimento.

No entanto, o público sertanejo deverá se lembrar mesmo da canção "Cuitelinho", que já apareceu em várias listas sobre músicas sertanejas mais importantes da história.

Além dessas duas, existem outros inúmeros clássicos nas vozes dos irmãos, entre eles, "Calix Bento" e "Chuá, Chuá".


Na década de 1980, a dupla passou mais de cinco anos sem gravar, após negar um pedido da gravadora de se adequar ao mercado sertanejo que começava a crescer.

No último sábado, a simplicidade de Pena Branca foi lembrada na gravação do DVD de Sérgio Reis e Renato Teixeira.

Durante uma pausa na gravação, Sérgio Reis contou que certo dia, Pena Branca ligou em sua casa perguntando: "recebi uma carta aqui dizendo que eu ganhei um tal de Grammy, que isso?".

Pena Branca se referia ao Grammy Latino conquistado em 2001, com o álbum "Semente caipira", o primeiro gravado após o falecimento do irmão.

Durante o dia, vou atualizando esse texto.

E a música sertaneja amanhece mais um dia de luto.

Quem quiser, pode ouvir Pena Branca e Xavantinho na RadioUOL, clicando aqui.

Por André Piunti às 01h12

08/02/2010

César Menotti e Fabiano gravam CD com a presença de fãs em BH

Após passar todo o ano de 2009 trabalhando o álbum "Voz do Coração", a dupla César Menotti e Fabiano gravou, no último sábado, dia 6, seu novo CD, com a presença de cerca de 40 fãs em um estúdio na cidade de Belo Horizonte.

O último trabalho da dupla, encabeçado pela música “Ciumenta”, havia sido gravado em outubro de 2008, também na capital mineira, se diferenciando de grande parte dos artistas sertanejos que lançam discos até de oito em oito meses.

Após passarem os últimos meses definindo o repertório e o formato no qual seria gravado esse novo trabalho, os irmãos decidiram que um "ao vivo no estúdio" seria a melhor fórmula, principalmente por ser algo inedito na carreira da dupla.

No fim da tarde do último sábado, vinte integrantes de fã-clubes e outros vinte sorteados através do twitter do cantor César Menotti, se encontraram em frente ao estúdio "Minério de Ferro", da banda Jota Quest.

A gravação foi registrada em vídeo, também. Não será lançado como um DVD de show, mas há a possibilidade de que as imagens deem origem a uma espécie de documentário sobre essa passagem da dupla.

O número de faixas deve girar em torno de 14, das 20 canções gravadas por eles. Algumas regravações fizeram parte do repertório, mas só no lançamento do CD é que será possível confirmar quais entraram e quais ficaram de fora.

De acordo com César Menotti, houve toda uma preocupação para que o trabalho final fosse extraído realmente daquele encontro com o público, e não precisasse ser todo refeito depois: "alguns instrumentos de captação mais difícil foram gravados antes, mas a minha voz, a do Fabiano, a dos fãs e o som de todos os outros instrumentos vão sair realmente dessa nossa gravação, como a gente pretendia. Posso te falar que foi a maior experiência musical da minha vida."

Entre os destaques, está a canção "Imigrante", composta em homenagem aos brasileiros que vão tentar a vida fora do Brasil, e para os quais a dupla já teve oportunidade de cantar por duas vezes, em turnês pelos Estados Unidos.

Houve, ainda, a participação do sanfoneiro Dominguinhos, gravada na semana anterior, em uma das faixas do disco.

O estilo que consagrou os irmãos continua o mesmo, mesclando canções românticas com as agitadas que sempre funcionaram tão bem nos shows, e que se tornaram uma das maiores características da dupla.

 O CD, ainda sem nome definido, tem lançamento previsto para março.

Por André Piunti às 12h23

07/02/2010

Sérgio Reis, Renato Teixeira e Tinoco - Completo

Não dá para comparar coberturas ou shows, pois além de cada apresentação ter sua peculiaridade, algumas coisas que acontecem fora do palco tornam o espetáculo mais especial.

Assistir a um show dentro de um teatro é uma experiência legal pela proximidade que você tem dos artistas. Eles falam mais, chegam a conversar com pessoas da plateia e tudo mais.

Falar de Renato Teixeira e Sérgio Reis é ficar repetindo sempre a mesma história que todo mundo já sabe. São importantes e indiscutíveis. O mais legal deles, ao se ver um show, é que eles se divertem o tempo todo, não se preocupam muito se são mais ou menos que alguém.

Na gravação do DVD, que aconteceu na noite desse sábado, em São Paulo, houve uma passagem que vale muito a pena contar aqui.

No meio do show, o Sérgio Reis contou que o Tinoco estava na plateia. Com a reação imediata do público, que ficou procurando o cantor, a iluminação foi direcionada a ele, que estava no fundo do teatro.

Com todo mundo aplaudindo de pé, o Tinoco acenou e lá ficou ficou por mais de um minuto, com todo o teatro parado olhando para ele.

Acho que a imagem diz mais do que qualquer coisa. Peço que vocês cliquem sobre essa foto abaixo, para que ela abra em tamanho maior e vocês possam ver a dimensão do que aconteceu.

A cobertura completa do show, com texto e álbum de fotos, pode ser conferida AQUI.

Por André Piunti às 16h31

Sobre o autor

André Piunti, 25 anos, é formado em jornalismo pela Facamp (Faculdades de Campinas). Natural de Campinas-São Paulo, criou o blog Universo Sertanejo no ano de 2007. Apresenta, desde janeiro de 2010, o programa Universo Sertanejo, líder de audiência na Rádio UOL. Além do blog e do programa, é responsável pelas coberturas especiais sobre música sertaneja no UOL. Apresenta, aos domingos, o Cowboy Nativa, para toda a rede Nativa FM. É autor do livro "Música sertaneja - Uma paixão brasileira".

Sobre o blog

O Universo Sertanejo teve início em 2007, como trabalho e conclusão de curso. A ideia de um portal, como previa o projeto, passou por mudanças e deu espaço a um blog, que se tornou referência em um pequeno espaço de tempo. Maior canal de notícias sobre música sertaneja, o Universo Sertanejo mantém suas atualizações diárias desde março de 2008. Veículo reconhecido no meio, juntou-se ao UOL em janeiro de 2010. contato@universosertanejo. com.br

Site Meter